Substituir um catamarã que é visto como um marco não é tarefa fácil. Mas os arquitetos VPLP, em parceria com a Lagoon e o célebre estúdio Nauta Design, conseguiram criar de forma claro o 450.

O 450 está agora disponível em 2 versões: Passadiço ou SporTop.

 

450: visão maior

  • em termos de acomodação
  • zonas de convés
  • instalações
  • desempenho

Experiência Lagoon

  • moldagem por infusão: poupança de peso (importante num catamarã), melhor estrutura possível, proteção do ambiente e dos operários de estaleiro
  • juntas interiores em madeira reconstituída Alpi® em prol do desenvolvimento sustentável (escolha de acabamentos: carvalho leve ou teca)
  • vidros verticais para melhor proteção contra o sol, otimização de espaço e altura
  • ponte do convés do tipo gaivota para maior conforto em mar encrespado
  • Design VPLP: uma garantia de desempenho à vela!
  • e o toque Nauta Design a dar elegância e conforto

Acima do convés

  • o design to topo da cabina cria uma silhueta de telhado mais elegante e impressionante
  • uma ampla zona de solário no telhado da cabina
  • as zonas de navegação são as mesmas que as da versão Passadiço. Contudo, o mastro e retranca mais baixos:
      - reduzem a oscilação vertical
      - facilitam o acesso à retranca
  • o posto de leme instalado no anteparo do telhado da cabina inclui o seguinte:
      - todas as manobras
      - assento de posto de leme vasto e integrado
      - acesso a partir da cabina de comando e o convés
      - também é proposto um sistema de segurança extra opcional, com viga composta oscilante (opcional) para isolar o leme quando está mau tempo
      - uma bimini composta acima da zona de leme está disponível como opção

 

Abaixo do convés

  • design interior da Nauta: elegância e funcionalidade
  • salão e camarotes excecionalmente bem iluminados
  • luz natural nos camarotes graças a grandes painéis de vidro nos cascos
  • camarote do proprietário verdadeiramente luxuoso
  • camarotes de hóspedes confortáveis com acesso lateral à cama de casal
  • Galera em forma de «U» para maior conforto no mar, equipado com placas de fogão amplas, espaço de trabalho amplo e muita arrumação
  • otimização do acesso entre a cabina de comando e a galera
  • compartimentos do motor afastados das zonas habitáveis e perfeitamente isolados

Desempenhos


«19 dias! Talvez não seja um tempo de "Route du Rhum", mas ainda assim é um desempenho muito louvável numa viagem de La Rochelle a Pointe à Pitre (3477 milhas) num Lagoon 450 estritamente standard."»
Jean-François Tanguy, skipper profissional - fevereiro 2011

«O plano de velas dá ao barco potência suficiente para permanecer rápido e dinâmico em ventos de menos de 10 nós. »
Multicoques magazine, FR / Multihulls World, UK-janeiro 2011